Notícias

Compartilhe nas redes sociais:

COMUNICADO IMPORTANTE - AÇÕES DO SETOR SUPERMERCADISTA NA PANDEMIA

Em relação aos serviços prestados pelos supermercados e ao posicionamento do setor frente ao combate à pandemia da Covid-19, a Associação Capixaba de Supermercados (Acaps) traz as seguintes informações e esclarecimentos: 

A Acaps vem orientando seus associados de forma intensa com o objetivo de conter a disseminação do coronavírus no Espírito Santo. A recomendação é para que os estabelecimentos fiquem atentos às determinações dos governos municipal, estadual e federal, e implantem em suas lojas alternativas e soluções para o enfrentamento da pandemia. 

Uma delas diz respeito ao cumprimento das boas práticas de higiene, no intuito de reduzir os riscos de contágio de clientes e colaboradores. Os supermercados estão sendo incentivados a reforçarem a limpeza da loja e dos equipamentos e a realizarem um forte trabalho de conscientização dos colaboradores, para que eles sejam propagadores das medidas de prevenção em suas famílias. 

Quanto aos clientes, nossa orientação é para que eles sejam incentivados – por meio dos sistemas de som e demais canais de comunicação dos supermercados, a adotarem os cuidados necessários quando forem às lojas, mantendo, por exemplo, a distância de, pelo menos, um (1) metro de uma pessoa para outra. 

Atenta ainda ao volume de clientes nos supermercados, a Acaps recomenda que, neste momento, o horário de funcionamento das lojas não seja reduzido, exatamente para impedir que haja uma maior aglomeração de pessoas no ambiente. 

Uma sugestão que tem sido disseminada e inclusive já vem sendo adotada por alguns estabelecimentos é a definição de horário especial de atendimento para as pessoas acima de 60 anos, grupo mais vulnerável ao vírus. Além disso, a entidade ressalta que o setor supermercadista está cumprindo todas as medidas anunciadas pelo Governo e que segue colaborando com sugestões eficazes que possam reduzir os danos.

A Acaps pede ainda que a população não faça compras sem necessidade. Apesar de não haver no momento comprometimento dos estoques das lojas, o cliente que armazena mais produtos do que realmente precisa não está exercendo a empatia, com risco de que falte a mercadoria para quem ainda não comprou. 

A entidade também está atenta e preocupada com os efeitos do coronavírus na economia. Por isso, apoia o manifesto do Fórum de Entidades e Federações do Espírito Santo (FEF) em defesa da sobrevivência das empresas e da manutenção dos postos de trabalho. Só o setor supermercadista capixaba emprega mais de 40 mil pessoas diretamente em cerca de 1.500 lojas espalhadas pelos 78 municípios. Somados aos empregos indiretos, o setor mobiliza 120 mil postos de trabalho. Dessa forma, a Acaps intensamente pleiteia, reforça e acompanha as medidas do Governo para que não ocorra um impacto irreversível na economia. 

Por fim, orientamos que todos, supermercadistas e população, se unam no combate às notícias falsas, as populares fake news, que envolvem a pandemia do coronavírus. É preciso cuidado e não repassar, em hipótese alguma, informações que não venham de fonte segura e oficial. 

Na certeza de dias melhores, mantemos nossa entidade à disposição para prestar demais informações e esclarecimentos. 

Associação Capixaba de Supermercados (Acaps)

>> CONFIRA NOSSO VÍDEO DE APOIO E INCENTIVO AO COMBATE À PANDEMIA

Outras Notícias